Garfo rígido ou suspensão?

Se tem visto muito hoje em dia, o pessoal trocando a suspensão da bike por garfos rígidos. Mais será que vale a pena?

A primeira coisa que podemos dizer quando trocamos a suspensão pelo garfo rígido, é que vamos diminuir consideravelmente o peso da bike. Existem garfos de fibra de carbono que podem pesar até 600 gramas ou menos, existem também no mercado garfos de alumínio que podem pesar até 1kg, logo as suspensões mais comuns do mercado podem pesar até 1,8Kg.

A utilização do garfo rígido pode melhorar consideravelmente a pedalada em subidas, pois toda a força que você coloca nos pedais não será perdida no amortecimento, como acontece nas suspensões. Se faz necessário também o uso de menor calibragem no pneu dianteiro, pois senão todo impacto será absorvido pelos seus punhos, cotovelos e ombros causando desconforto.

Usar garfo rígido em provas longas, pode se tornar cansativo até o piloto pegar as “manhas” de se pedalar com essa configuração de bike, pois tem que se reposicionar em cima da bike de modo a evitar que o minimo impacto seja absorvido pelo corpo.

Caso o biker continue pedalando como fazia quando tinha a suspensão, pode acontecer também de danificar peças, como guidão, mesa e todo conjunto frontal da bike.

Vejamos que em provas como Brasil Ride, Mundial de MTB, onde estão atletas de elite é raro de se ver alguém usando garfo rígido.

Enfim, ainda esse é assunto muito controverso, tem quem defenda e tem quem abomine.